Como gerar código CSC (token) por Estado

Definição:

O CSC (Código de Segurança do Contribuinte) é um código alfanumérico, que serve para gerar o QR-Code da NFC-e e garantir a autenticidade do DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica).

Através do dele, a empresa tem a garantia de que suas NFC-e não serão falsificadas por terceiros e o cliente pode verificar a validade da NFC-e fazendo a leitura do QR Code impresso na nota.


Como obter:

O procedimento para obter o CSC varia de acordo com o Estado. 

Abaixo listamos os endereços das Secretarias Estaduais de Fazenda e algumas informações para geração do CSC:


* Acre (AC):

Para geração do CSC neste Estado, é preciso realizar o credenciamento de forma presencial. Depois disto, será possível gerar o CSC pelo site , usando o menu NFC-e.

Veja a relação de documentos necessários para o credenciamento clicando aqui.


* Amapá (AP):

É preciso solicitar o credenciamento pelo SATE usando seu login e senha. Quando ocorrer a liberação, o CSC poderá ser gerado no mesmo site, no menu “Gerar CSC”


* Amazonas (AM):

Nesse Estado, a emissão do CSC dispensa o credenciamento prévio.

Veja o procedimento para solicitação do CSC clicando aqui.

É importante ressaltar que há duas opções para geração do CSC: uma para o ambiente de produção e outra para o ambiente de homologação.


* Bahia (BA):

No Estado da Bahia, a geração do CSC é feita diretamente no site da Sefaz, usando a opção “Solicitar/Inutilizar CSC - Código de Segurança do Contribuinte”. Clique aqui para acessar o site.


* Ceará (CE):

O contribuinte realiza o cadastramento pelo site e, após aprovado, serão informados os CSC que poderão ser utilizados.


* Distrito Federal (DF):

É preciso ter um certificado padrão ICP-Brasil instalado e solicitar o credenciamento no portal. Terminado o credenciamento serão informados os CSC a utilizar, sendo um para produção e outro para homologação.


* Espírito Santo (ES):

O credenciamento para geração do CSC pode ser feito através do site, tanto para o ambiente de homologação quanto para o de produção.


* Goiás (GO):

No site, o contribuinte informa o ambiente para geração do CSC (homologação ou produção). A geração é realizada depois de selecionado o certificado.


* Maranhão (MA):

Solicite o credenciamento através do serviço de autoatendimento na SEFAZ.NET , informando a Inscrição Estadual. Será realizado automaticamente o credenciamento para ambos os ambientes (homologação e produção).

Neste mesmo sistema de autoatendimento será possível gerar o CSC.


* Mato Grosso (MT):

Não é necessário realizar credenciamento. O CSC para ambiente de homologação pode ser emitido clicando aqui (hiperlink:  )

Para emitir o de produção, siga o passo a passo da página que pode ser acessada, clicando aqui.


* Mato Grosso do Sul (MS):

No portal do Governo do Estado, é possível gerar e consultar o CSC.


* Pará (PA):

Siga os passos do manual disponibilizado pela Sefa para geração do CSC no site.


* Paraíba (PB):

Para realizar o credenciamento e geração do CSC é preciso usar seu certificado digital ou login e senha previamente cadastrados pois o acesso à área é restrito.

Siga esses passos para gerar o CSC neste site .


* Paraná (PR):

O CSC pode ser gerado através do portal, usando seu login e senha e clicando nas opções DF-e >> NFC-e >> CSC >> Controle do lado esquerdo da tela.


* Pernambuco (PE):

Clicando aqui, acesse o manual disponibilizado pela Sefaz/PE com instruções para gerar o CSC.

As instruções para geração se encontram no tópico 5 do manual.


* Piauí (PI):

Solicite o credenciamento pelo portal .

Quando aprovado, será possível emitir o CSC pelo SIATWEB, usando as opções: autoatendimento >> NFC-e >> Manutenção de CSC.


* Rio de Janeiro (RJ):

No RJ, é possível gerar o CSC pelo portal , no menu NFC-e, opção “Geração e Manutenção de Código de Segurança do Contribuinte CSC (token).


* Rio Grande do Norte (RN):

Realize o cadastramento no site seguindo os passos do manual . Depois, acesse a área restrita do portal em Meus Serviços >> Gerar CSC.


* Rio Grande do Sul (RS):

Entre no site da Sefaz/RS e clique na opção “Manutenção de CSC – Código de Segurança do Contribuinte”. Faça login e clique em “Meus Serviços”. Acesse o menu Nota Fiscal Eletrônica e clique em “Manutenção de CSC”.


* Rondônia (RO):

Gere o CSC pelo Portal do Contribuinte usando a opção “Manipular CSC”.


* Roraima (RR):

A geração do CSC pode ser realizada pelo site da Sefaz Estadual.


* São Paulo (SP):

Em SP, faça o credenciamento no portal no menu “Credenciamento” e depois gere o CSC no menu “Gerenciar Cód de Segurança”. Nesta opção, será possível emitir o CSC para os dois ambientes (homologação e produção).

Para gerar o de produção é preciso que primeiro, seja ativado e vinculado o equipamento SAT.


* Sergipe (SE):

Para gerar o CSC no ambiente de homologação, clique aqui.

Para gerar o CSC no ambiente de produção siga os passos:

1 – entre no site da Sefaz/SE e clique em “Acesso do Usuário”;

2 – realize o acesso ao sistema, clicando no ícone “Certificado Digital”;

3 – clique no menu NFC-e e em seguida na opção “Gerar CSC”;

4 – informe o CNPJ e clique em ok para confirmar a geração.


* Tocantins (TO):

Para gerar o CSC é necessário acessar o site, na opção “Gerar Código de Segurança do Contribuinte – CSC”

É necessário possuir certificado digital no padrão ICP-Brasil, contendo o CNPJ da empresa, instalado no computador e Inscrição Estadual em situação cadastral regular.


Não remova esse quadro

Autor do artigo: Ana.prime