Antes de iniciar a utilização do aplicativo Cobertura Contábil é importante definir as configurações essenciais para o funcionamento da rotina e, além disso, realizar também algumas configurações preferenciais de como o aplicativo deve se comportar.


  1. Acesse a aba Cadastros e Configurações, no Cobertura Contábil.
  2. Clique no menu Opções.
  3. Nas abas seguintes, informe suas preferências incluindo os campos:

      Geral
    Campo Descrição
    Layout do relatório de conferência de lançamentos

    Neste campo você deve configurar o arquivo de layout cujo modelo será disponibilizado pelo sistema no recurso Conferência (aba Lançamentos Contábeis), recurso este responsável pela emissão de um relatório que exibe os lançamentos contábeis contidos em um determinado lote. Para selecionar o layout clique no botão Selecionar e localize o arquivo de layout com extensão rtm. Caso seja necessário alterá-lo, utilize o botão Editar.

    Layouts disponíveis para a liberação dos lançamentos contábeis

    Atenção:

    Esta configuração deve ser realizada somente se o WCont da Alterdata ou o servidor do sistema Pack não estiverem na mesma empresa onde está sendo utilizado o Bimer, ou seja, quando a empresa não utiliza a automação contábil da Alterdata e sim uma contabilidade externa.

    Informe o arquivo que deve ser utilizado pelo sistema para exportação dos lançamentos contábeis e também o diretório onde será salvo o arquivo (.txt) no momento da liberação dos lotes contábeis.

    Dica:

    Ao preencher do layout que será utilizado pelo sistema no momento da exportação do lote no campo Nome da DLL de exportação do lote, a Alterdata disponibiliza junto ao pacote dos arquivos do Financeiro o arquivo "AltExpERPCobCont_Wcont_Txt.dll" como modelo padrão de exportação de lote contábil.

    Informe a aba default na abertura do sistema

    Marcando uma das opções Cobertura Contábil ou Lançamentos Contábeis, sempre que iniciar o sistema Cobertura Contábil, o mesmo apresentará diretamente na tela principal a aba escolhida.

    Nr. dias p/ visualização de lotes

    Informe o número de dias que deve ser apresentado automaticamente como período do lote para visualização na aba Lançamentos Contábeis, em Filtro de Lotes / Período do Lote. Por padrão, o sistema já vem configurado com o número "1", determinando um dia para visualização de lotes. Altere este número, caso necessário.

    Tipo de visualização, cobertura, pessoa

    Selecione a forma de apresentação das informações da Pessoa na aba Cobertura.

    Contabilizar o financeiro por

    Marque uma das opções abaixo para definir como o Cobertura Contábil deve selecionar e contabilizar os títulos lançados no módulo Contas a Receber (FinAReceber):

    • Natureza de Lançamento: o sistema verifica, no momento da contabilização do título, apenas a natureza de lançamento e vai considerar a conta contábil configurada para aquela natureza de lançamento.
    • Tipo de movimento de cobrança: o sistema verifica, no momento da contabilização do título, apenas o tipo de movimento de cobrança e vai considerar a conta contábil configurada para aquele tipo de movimento de cobrança.
    • Preferência pelo tipo de movimento de cobrança: o sistema verifica, no momento da contabilização do título, se o mesmo possui natureza de lançamento e tipo de movimento de cobrança preenchidos e, caso contenha os dois, vai considerar apenas a conta contábil configurada para aquele tipo de movimento de cobrança. Caso o título contenha apenas a natureza de lançamento e nenhum tipo de movimento de cobrança, o sistema vai resgatar a conta contábil vinculada à natureza.
      Contábil
      Geral


    Campo Descrição
    Gerar históricos em letra maiúscula

    Gera o histórico das contabilizações com as fontes em caixa alta.

    • Marcada: gera históricos em letra maiúscula.
    • Desmarcada: gera históricos da mesma forma que foram escritos, ou seja, contendo letras maiúsculas e minúsculas.
    Agrupar os lançamentos da baixa de um título por conta

    Verifica se os itens dos títulos do Contas a pagar e do Contas a receber serão agrupados por conta. Esta configuração é utilizada na geração de lançamentos de baixa do Contas a pagar e do Contas a receber.

    • Marcada: os itens do desmembramento do título do Contas a pagar e os itens do título do Contas a receber serão agrupados (desde que estejam vinculados a mesma conta contábil).
    • Desmarcada: mesmo que o título do Contas a pagar esteja desmembrado por naturezas e o título do Contas a receber tenha vários itens com tipos de movimento de cobrança diferentes, eles não serão agrupados.
    Campo Opção Descrição
    Baixas de contas a pagar Partida dobrada (1 para 1) Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Pagar, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito em um mesmo lançamento, partindo do princípio contábil de que, para cada lançamento, o valor total lançado nas contas a débito deve ser sempre igual ao total do valor lançado nas contas a crédito. Ou seja, não haverá devedor sem credor correspondente, visto que todo débito corresponde a um crédito de igual valor e vice-versa.
    Partida simples (1 para vários)

    Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Pagar, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito separadamente, uma em cada linha. Ao contabilizar várias baixas com a mesma conta, o sistema vai aglutinar o lançamento de crédito.

    Partida simples por documento (1 para vários)

    Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Pagar, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito separadamente, uma em cada linha. Ao contabilizar várias baixas com a mesma conta, o sistema vai aglutinar o lançamento de crédito por documento (um crédito para cada documento distinto).

    Baixas de contas a receber   Partida dobrada (1 para 1) Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Receber, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito em um mesmo lançamento, partindo do princípio contábil de que, para cada lançamento, o valor total lançado nas contas a débito deverá ser sempre igual ao total do valor lançado nas contas a crédito. Ou seja, não haverá devedor sem credor correspondente, visto que todo débito corresponde a um crédito de igual valor e vice-versa.
    Partida simples (1 para vários) Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Receber, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito separadamente, uma em cada linha. Ao contabilizar várias baixas com a mesma conta, o sistema vai aglutinar o lançamento de débito.
    Partida simples por documento (1 para vários) Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Receber, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito separadamente, uma em cada linha. Ao contabilizar várias baixas com a mesma conta, o sistema vai aglutinar o lançamento de débito por documento (um débito para cada documento distinto).
    Partida simples por lote de baixa (1 para vários)

    Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Receber, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito separadamente, uma em cada linha. Ao contabilizar várias baixas com a mesma conta, o sistema vai aglutinar o lançamento de débito por lote de baixa (um débito para cada lote distinto).

    Contrapartida de juros, multa, desconto e impostos informados na baixa a pagar (somente partida dobrada)    Banco

    Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Pagar, os valores de juros, multa, desconto e impostos terão sua contrapartida gerada na conta banco. Essa configuração se aplica apenas para partida dobrada.

    Pessoa

    Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Pagar, os valores de juros, multa, desconto e impostos terão sua contrapartida gerada na conta da pessoa. Essa configuração se aplica apenas para partida dobrada.

    Caso a natureza de lançamento do título esteja marcada para não trabalhar com provisão e a opção de contrapartida de juros, multa, desconto e impostos estiver marcada contra a Pessoa, a contrapartida do lançamento será a natureza de lançamento, para que os saldos fiquem corretos. 

    Contrapartida de juros, multa, desconto e impostos a receber
       
    Banco

    Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Receber, os valores de juros, multa, desconto e impostos terão sua contrapartida gerada na conta banco. Essa configuração se aplica apenas para partida dobrada.

    Pessoa

    Na contabilização das baixas dos títulos do módulo Contas a Receber, os valores de juros, multa, desconto e impostos terão sua contrapartida gerada na conta da pessoa. Essa configuração se aplica apenas para partida dobrada.

    Inclusões de contas a pagar Partida simples (1 para vários) Na contabilização das inclusões dos títulos do módulo Contas a Pagar, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito separadamente, uma em cada linha. 
    Partida dobrada (1 para 1) Na contabilização das inclusões de títulos no Contas a Pagar, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito em um mesmo lançamento, partindo do princípio contábil de que para cada lançamento, o valor total lançado nas contas a débito deverá ser sempre igual ao total do valor lançado nas contas a crédito. Ou seja, não haverá devedor sem credor correspondente, visto que todo débito corresponde a um crédito de igual valor e vice-versa.
    Inclusões de contas a receber
    Partida simples (1 para vários) Para contabilização das inclusões dos títulos do módulo Contas a Receber, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito separadamente, uma em cada linha. 
    Partida dobrada (1 para 1) Na contabilização das inclusões de títulos no Contas a Receber, o sistema vai contabilizar as contas de débito e crédito em um mesmo lançamento, partindo do princípio contábil de que, para cada lançamento, o valor total lançado nas contas a débito deverá ser sempre igual ao total do valor lançado nas contas a crédito. Ou seja, não haverá devedor sem credor correspondente, visto que todo débito corresponde um crédito de igual valor e vice-versa.
    Data utilizada para contabilizar os títulos Data de emissão

    O sistema utiliza a data de emissão do título para gerar o lançamento contábil.

    Data de referência

    O sistema utiliza a data de referência do título para gerar o lançamento contábil.

    Data de cadastro

    O sistema utiliza a data da realização do cadastro do título para gerar o lançamento contábil.

    Campo Descrição
    Utilizar a data configurada na crítica da data de fechamento da empresa no Contas a Receber, Contas a Pagar e Nota Fiscal de Entrada

    Critica a data de fechamento da empresa de acordo com o tipo de data marcada para contabilização dos títulos.

    • Marcada: nos módulos Contas a receberContas a pagar e Nota Fiscal de Entrada o sistema compara a data de fechamento da empresa com a data preenchida no cadastro (conforme o tipo de data marcada para contabilização dos títulos). Caso a data utilizada seja menor ou igual à data de fechamento da empresa, será feita a crítica do cadastro.
    • Desmarcada: os módulos Contas a ReceberContas a Pagar e Nota Fiscal de Entrada continuarão trabalhando da forma padrão, ou seja, o Contas a Receber e o Contas a Pagar farão a crítica comparando a data de emissão do título com a data de fechamento da empresa. Já o Nota Fiscal de Entrada faz a crítica comparando a data de fechamento da empresa com as datas de emissão e referência.
    Contabilizar alterações dos lotes de baixa pela data de ocorrência
    • Marcada: caso um lote de baixa já tenha sido contabilizado e sofra alteração posterior, o sistema gera os lançamentos de ajuste com a data efetiva em que o lote foi alterado.
    • Desmarcada: caso um lote de baixa já tenha sido contabilizado e sofra alteração posterior, o sistema gera os lançamentos de ajuste com a data de baixa do lote (independente da data em que foi alterado).     
    Contabilizar o estorno dos títulos pela data de ocorrência.
    • Marcada: quando um título já contabilizado for excluído, a contabilização do estorno será gerada com a data da ocorrência do estorno, ou seja, com a data da exclusão.

    • Desmarcada: quando um título já contabilizado for excluído, a contabilização do estorno será gerada com a mesma data de inclusão do título.

    Data utilizada para contabilizar os documentos Data de emissão O sistema utiliza a data de emissão do documento para gerar os lançamentos contábeis do estoque.
    Data de referência O sistema utiliza a data de referência do documento para gerar os lançamentos contábeis do estoque.
      Impostos
    Opção Descrição
    Na baixa A contabilização dos impostos dos títulos a receber será realizada no momento da geração dos lançamentos contábeis de baixa do mesmo. Já na contabilização de títulos a receber gerados pela rotina de renegociação, os impostos serão contabilizados apenas na última baixa da rotina (não serão contabilizados na baixa sem numerário feita pela rotina de renegociação). Ou seja, se um título foi renegociado duas vezes, os impostos serão contabilizados apenas na baixa efetiva do último título gerado.
    Na inclusão dos lançamentos de provisão A contabilização dos impostos dos títulos a receber será realizada no momento da geração dos lançamentos contábeis de provisão (um gasto já considerado certo ou de grande possibilidade de ocorrência).
    Contabilizar os impostos individualmente por empresa
    A contabilização dos impostos será realizada individualmente por empresa. Ao escolher esta opção, será habilitado o campo Contabilizar os impostos individualmente por empresa.
    • Marcada: o sistema passa a exibir o quadro Impostos por empresa, onde é possível configurar, para cada empresa, os impostos individualmente ao clicar no botão, tendo a opção de selecionar se a contabilização dos impostos ocorrerá no momento da geração dos lançamentos contábeis de baixa ou ao gerar lançamentos contábeis de provisão.
    • Desmarcada: o sistema exibe para cada um dos impostos individualmente a opção de selecionar se a sua contabilização ocorrerá ao gerar os lançamentos contábeis de baixa ou ao gerar os lançamentos contábeis de provisão. Neste caso, essa configuração é para todas as empresas.

    Para as empresas que não estiverem configuradas no quadro Impostos por empresa, o sistema utilizará a configuração abaixo deste campo Se a empresa não estiver configurada acima, contabilizar os impostos: tendo como selecionar se as empresas não configuradas terão seus impostos contabilizados ao gerar os lançamentos contábeis de baixa ou ao gerar os lançamentos contábeis de provisão. Esta configuração impacta diretamente na geração do lote atual.

      Complementar
    Campo Descrição
    Contabilizar movimentos de partida simples como múltiplos
    • Marcada: quando a base estiver configurada para trabalhar com partida simples, os lançamentos referentes a um mesmo documento serão agrupados.
    • Desmarcada: quando a base estiver configurada para trabalhar com partida simples, os lançamentos referentes a um mesmo documento não serão agrupados, sendo gerados na forma padrão da partida simples.
    Verificar se o nível da conta contábil da pessoa corresponde ao tipo de lançamento (ativo ou passivo)
    • Marcada: ao gerar os lançamentos contábeis, o sistema verifica o nível da conta contábil informada na pessoa (de acordo com a classificação da conta). Caso a conta pertença ao Ativo ou Passivo, o sistema resgata a conta corretamente. Caso a conta pertença ao nível de Receita ou Despesa, o sistema não resgata a conta contábil e marca o lançamento com erro, informando que a conta não foi recuperada, pois não pertence ao nível Ativo/Passivo.
    • Desmarcada: ao gerar os lançamentos contábeis, o sistema não verifica o nível da conta contábil informada na pessoa e sempre resgata a conta contábil, independente do nível ao qual ela pertence.

    Esta opção verifica apenas o nível da conta contábil informada na pessoa, ou seja, não verifica as contas informadas na cobertura de outras configurações.

    Inverter as contas do lançamento contábil de baixa de itens do Contas a Pagar com valor negativo
    • Marcada: ao gerar o lançamento contábil de uma baixa do contas a pagar que contenha em Desmembramento de valor por natureza de lançamento uma natureza de lançamento com valor negativo, o sistema gera, além do lançamento padrão, um lançamento a mais para cada valor negativo, com as contas de débito e crédito invertidas e com o valor da natureza de lançamento que está negativa.
    • Desmarcada: o sistema gera o lançamento referente apenas às naturezas de lançamento que possuem valor positivo.

    Contabilizar, na geração de lançamentos contábeis do Contas a Receber, títulos com tipo de cobrança descontado

    • Marcada: ao gerar lançamentos contábeis de provisão referentes a um título a receber que possua um tipo de cobrança descontada, o sistema gera um lançamento com o valor total do título, um lançamento com o valor que foi antecipado pelo banco e um terceiro lançamento com o valor descontado. Para que as contas contábeis destes lançamentos sejam recuperadas corretamente, é necessário que, na aba Cobertura, em Contas a receber, Inclusão de títulos, sejam configurados dentro da natureza de lançamento do título, os campos disponíveis no botão Tipo de cobrança para título descontado. Nesta tela, deverá ser informado o Tipo de cobrança, a Conta do tipo de cobrança e a Conta da tarifa de desconto.

      Após configurar estas opções, no momento da contabilização, o sistema vai creditar no lançamento de antecipação as contas de duplicatas descontadas e debitar o banco. Quando forem gerados os lançamentos contábeis de baixa desse título, o sistema vai apenas creditar o cliente e debitar a conta de duplicatas descontadas, já que o valor já foi debitado do banco.

    • Desmarcada: o sistema apresenta o funcionamento padrão, ou seja, ao gerar os lançamentos contábeis de provisão, não apresentará registros relacionados ao valor descontado do título, gerando apenas o lançamento com o valor total do título. Ao gerar os lançamentos contábeis de baixa, o sistema vai gerar um lançamento com valor líquido creditando o cliente e debitando o banco e um lançamento adicional (no valor descontado pelo banco), creditando o cliente e debitando a conta de duplicatas descontadas.
    Contabilizar apenas a diferença de juros + multa - desconto dos eventos de baixa dos títulos do Contas a Receber
    • Marcada: no momento da geração de lançamentos contábeis de baixa do Contas a Receber, os eventos de juros, multa e desconto serão aglutinados num único lançamento, caso a soma desses valores seja positiva, será utilizada a conta de juros, caso a soma seja negativa, será utilizada a conta de desconto.
    • Desmarcada: todos os eventos existentes na baixa do título serão contabilizados em suas respectivas contas e não haverá aglutinação dos eventos.
    Contabilizar a incidência de juros, multa e desconto da renegociação de forma acumulada
    • Marcada: ao gerar lançamentos contábeis de provisão do Contas a Receber, os juros, multa e desconto serão gerados de forma acumulada.

      Exemplo:

      Ao renegociar um título no valor de R$ 100,00 com 10% de juros, o novo título gerado ficará no valor de R$ 110,00. Sendo que R$ 10,00 serão juros. Caso esse título seja renegociado novamente com 10% de juros, o segundo título ficará com o valor de R$ 121,00.
      Ao efetuar a contabilização do título, será gerado um valor de R$ 10,00 de juros da primeira renegociação e R$ 21,00 de juros da segunda renegociação.

    • Desmarcada: conforme exemplo acima, será gerado um lançamento contábil com valor de R$ 10,00 de juros da primeira renegociação e um lançamento contábil com valor de R$ 11,00 de juros da segunda renegociação, de forma não-cumulativa.
    Contabilizar estoque de ordem de entrega / outros documentos
    • Marcada: o sistema contabiliza Notas Fiscais, Inventários e Ordens de Entrega.
    • Desmarcada: o sistema contabiliza apenas Notas Fiscais e Inventários.
    Não gerar lançamento transitório para baixas de títulos com movimento bancário conciliado
    • Marcada: ao gerar lançamentos contábeis de baixa de títulos, caso o movimento bancário gerado pela baixa já esteja conciliado, o lançamento será gerado diretamente para a conta banco, sem a necessidade de criar um lançamento transitório. Caso o movimento não esteja conciliado, será gerado um lançamento contábil utilizando a conta transitória e, posteriormente, ao contabilizar a conciliação bancária, será gerado um lançamento da conta transitória para a conta bancária.
    • Desmarcada: ao gerar lançamentos contábeis de baixa de títulos, será gerado um lançamento transitório mesmo que o movimento bancário já esteja conciliado. O lançamento transitório apenas será gerado caso atenda os seguintes requisitos abaixo:

      1. Ter uma conta transitória preenchida no cadastro da conta do disponível;
      2. Possuir uma forma de pagamento configurada para não gerar movimento bancário conciliado;
      3. A conta bancária cadastrada não pode ser conta caixa;
      4. No caso de movimentos bancários originados por outros movimentos, as movimentações originais não podem estar conciliadas.

    Gerar lote contábil único de todas as empresas na empresa do filtro
    • Marcada: ao gerar um lote contábil tanto do financeiro quanto do estoque, a descrição do campo de empresa será alterada para Gerar lançamentos de todas as empresas na empresa abaixo e, consequentemente, ao filtrar um período e gerar o lote contábil, este conterá lançamentos de todas as empresas que continham registros no período, agrupadas em um único lote. 
    • Desmarcada: ao gerar um lote contábil, tanto do financeiro quanto do estoque, será filtrada apenas uma empresa por vez e, consequentemente, gerado um lote para cada empresa.
    Inverter as contas do lançamento contábil de inventário quando o valor for negativo
    • Marcada: ao gerar um lote contábil do estoque, quando for contabilizado um documento de ajuste de inventário com valor negativo (lançamentos referentes às abas Estoque e Saída), o valor será alterado para positivo e as contas de débito e crédito serão invertidas. Ao gerar o lançamento invertido, será cadastrado um log de auditoria com a informação adicional "O ajuste de custo médio dessa movimentação possui valor negativo, por isso, as contas de débito e crédito foram invertidas e o valor foi alterado para positivo" e poderá ser consultado através do recurso de Auditoria
    • Desmarcada: o documento de ajuste de inventário será gerado com o valor negativo e as contas não serão invertidas, não permitindo a exportação do lote contábil.
    Campo Opção Descrição
    Transferência de estoque entre empresas

    Custo médio na transferência de estoque entre empresas

    Ao contabilizar um documento de transferência, o valor referente ao estoque será gerado com o valor de custo médio dos itens do documento.

    Esta configuração respeita somente o tipo de movimento transferência configurado no cadastro da operação.

    Valor do documento na transferência de estoque entre empresas

    Ao contabilizar um documento de transferência, o valor referente ao estoque será gerado com o valor dos itens informados no próprio documento, independente do custo médio atual do produto.

    Esta configuração respeita somente o tipo de movimento transferência, configurado no cadastro da operação.

    Campo Opção Descrição
    Centro de custo

    Permitir duplicidade de centros de custo em um mesmo lançamento

    • Marcada: é possível incluir um mesmo centro de custo mais de uma vez dentro do cadastro/edição de um lançamento contábil. Essa configuração não interfere em nenhum outro ponto do sistema.
    • Desmarcada: ao incluir um mesmo centro de custo mais de uma vez dentro de um lançamento contábil, o sistema realiza uma crítica informando que o centro de custo já foi cadastrado.
    Verificar se a natureza do imposto trabalha com centro de custo
    • Marcada: o sistema verifica se a natureza de lançamento utilizada no imposto do desmembramento do título está configurada para trabalhar com centro de custo. Com essa configuração marcada, o sistema só copiará os centros de custo do título para os impostos nas naturezas que estão configuradas para trabalhar com centro de custo.
    • Desmarcada: O sistema continuará utilizando os centros de custo do título e copiando para os lançamentos de impostos.

    Essa rotina é utilizada apenas na geração de títulos do contas a receber. Não é utilizada na geração de baixas de títulos e nem para o contas a pagar.

    Gerar centros de custo nos impostos contabilizados nas baixas de títulos a pagar
    • Marcada: os lançamentos referentes aos impostos contabilizados na baixa serão gerados com centros de custo.
    • Desmarcada: os lançamentos referentes aos impostos contabilizados na baixa serão gerados sem os centros de custo.
    Opção Descrição
    Gerar lançamentos de centro de custo em ambas as contas

    Caso a cobertura da operação esteja configurada para trabalhar com centros de custo, ao contabilizar um documento através do estoque, o sistema gera o lançamento contábil de estoque com centro de custo em ambas as contas, débito e crédito (considerando também contas do Ativo e do Passivo).

    Gerar lançamentos de centro de custo apenas nas contas de resultado Mesmo que a cobertura da operação esteja configurada para trabalhar com centros de custo, ao contabilizar um documento através do estoque, o sistema gera o lançamento contábil de estoque com centro de custo apenas nas contas de resultado (Receita e Despesa).
    Campo Opção

    Descrição

    Contabilização do estoque (documentos de venda/ saída) Custo médio da contabilização do estoque

    Ao gerar um lançamento contábil de estoque, o valor referente às mercadorias do documento será gerado com o valor de custo médio dos itens do documento.

    Esta configuração respeita os tipos de movimento venda e saída configurados no cadastro da operação.

    Valor do documento na contabilização do estoque

    Ao gerar um lançamento contábil de estoque, o valor referente às mercadorias do documento será gerado com o valor dos itens informados no próprio documento, independente do custo médio atual do produto.

    Esta configuração respeita o tipo de movimento venda e saída configurado no cadastro da operação.

    Contabilização do estoque (documentos de compra/ entrada com origem no PCP) Custo médio da contabilização do estoque

    Contabiliza as movimentações pelo valor do custo médio caso o documento tenha origem no PCP Nomus ou no Wise PCP. Caso o mesmo não tenha sido gerado no PCP Nomus ou no Wise PCP, ao gerar um lançamento contábil de estoque o valor referente às mercadorias será gerado com o mesmo valor dos itens do documento.

    Esta configuração respeita os tipos de movimento compra e entrada configurados no cadastro da operação.

    Valor do documento na contabilização do estoque

    Ao gerar um lançamento contábil de estoque, o valor referente às mercadorias do documento será gerado com o valor dos itens informados no próprio documento, independente do custo médio atual do produto.

    Esta configuração respeita os tipos de movimento compra e entrada configurado no cadastro da operação.

      Configurações do Servidor

    Aqui você define suas preferência com relação ao servidor.

    1. Marque a opção Alterar o protocolo e nome do servidor para ter acesso às configurações do tipo de banco de dados e endereço do servidor.

    2. Selecione o tipo de Banco de Dados utilizado pelo sistema Alterdata Pack:

      Tipo Descrição

      SQL

      Ao marcar esta opção, o sistema vai habilitar os campos do grupo Configurações do servidor SQL server/ PostGreSQL. Nestes campos devem ser configuradas as seguintes informações de conexão com o banco de dados:

      • Servidor
      • Usuário
      • Senha
      • Base de Dados

      PostGreSQL

      Ao marcar esta opção, o sistema vai habilitar os campos do grupo Configurações do servidor SQL server/ PostGreSQL. Nestes campos devem ser configuradas as seguintes informações de conexão com o banco de dados:

      • Servidor
      • Usuário
      • Senha
      • Base de Dados

      Nexus

      Ao marcar esta opção, o sistema vai habilitar os campos do grupo Configurações do servidor Nexus.

      1 . Em Configurações do servidor Nexus, informe o tipo de conexão com o banco de dados:

      • Usuário Local
      • TCP/IP
      • IPX/SPX

      2. Informe o Nome do Servidor ou clique no botão   para realizar uma tentativa de conexão com o servidor e recuperar a lista dos que estão disponíveis. Caso não seja realizada a conexão, verifique as configurações de rede e se o servidor está ativo.

    Dicas:

    • As informações do Servidor e do Banco de Dados podem ser coletadas no Painel de controle do seu computador em Alterdata Config. cliente (configurador do cliente do banco de dados - Alterdata Software).
    • Realize o cadastro das informações acima do mesmo modo que está configurado o banco de dados, utilizando fontes maiúsculas e minúsculas, caso haja, do mesmo modo que foi cadastrado. Em casos onde o banco de dados utilizado seja o PostGreSQL, por exemplo, não é possível realizar uma conexão com o banco de dados quando os acessos cadastrados possuírem caracteres com caixa alta e baixa e as informações inseridas neste campo se encontrarem divergentes.
  4. Clique em Ok

    Para que as configurações tenham efeito, será necessário reiniciar o Cobertura contábil.